Coração Valente – Natasha Vamp

Em vales verdejantes um guerreiro luta bravamente,
levando a todos aos campos de batalha
todos que com ele não se intimidaram
ao ver o rei ordenar-lhes a cruel matança.

E o guerreiro persistiu,
levando seu grito pelas colinas,
seu grito de guerra ecoou pelos quatro cantos,
transformando-se em verdadeiros gritos de terror.

E o rei que antes via seu reino avançando,
viu quando todos recuavam,
ao ver o bravo guerreiro com sua espada,
desgarrar cada cabeça alienada.

O bravo guerreiro continuou,
levou a todos sua emoção sem fim,
mas um dia ele foi traído,
e desesperançoso, se deixou levar.

Sabia que encontraria os braços da morte,
mas nesse mundo de traições não queria mais ficar,
mas de sua boca o rei queria o impossível,
grite por misericórdia… era o pedido final.

E o guerreiro não se deixando dopar,
levou sua bravura até o limite,
sua honra ele demonstrou,
mesmo conseguindo do destino o último golpe.

A morte não calou seu objetivo,
levou o guerreiro feliz,
gritando “Liberdade”, foi-se embora,
da lâmina do machado para os braços cativos da sua senhora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: